6 perguntas para fazer antes de comprar um artigo de moda caro

batom-1
O que o formato do seu batom diz sobre você
24 de novembro de 2015
1
7 escolhas de moda para evitar no trabalho
14 de dezembro de 2015
Mostrar todos

6 perguntas para fazer antes de comprar um artigo de moda caro

post1

As opções são muitas e a tentação, avassaladora. Mas será mesmo que estamos fazendo um bom negócio investindo em um artigo de moda caro? Confira alguns questionamentos que toda mulher deve fazer a si mesma antes de gastar seu precioso dinheiro.

Ao menos uma vez em nossa longa vida como consumidoras de moda a ideia de investir em uma peça de roupa ou sapato mais caro passou pela nossa cabeça. Afinal, como resistir a tantas opções maravilhosas de roupas, calçados e bolsas por aí?

Porém, para garantir que você está gastando seu tão suado dinheirinho por um nobre motivo, separamos alguns pontos fundamentais que você deve levar em consideração antes de tirar o dinheiro (ou cartão) da carteira.

A seguir, apresentamos um roteiro de questionamentos para você fazer a si mesma antes de embarcar desenfrenadamente no maravilhoso mundo das compras e garantir a sua felicidade – pessoal e financeira – por mais tempo.

Pergunta 1: eu já tenho algo parecido?

 

Antes de tudo: dê uma boa olhada em seu guarda-roupa e avalie bem se esse novo objeto de desejo não acabaria se tornando mais do mesmo, caso não, pule para a segunda pergunta.

Ok, então você já tem uma peça parecida. Então comece pensando de verdade se o dinheiro investido de fato valeria à pena. Digamos que o item em questão é um fabuloso vestido preto de um estilista super famoso. Você já possui ao menos três peças similares que custaram muito menos (mas que você adora) e ainda assim continua procurando por outro? Caso sim, talvez você devesses abortar a ideia de gastar um dinheirão em um novo a não ser que queira abrir mão de todos os outros para ficar com somente um. Por quê? Porque é fato comprovado que quanto mais você tem, menos você usa.

 

post2

Imagem: reprodução | Wondermika

Pergunta 2: eu amo comprar? (Ou: eu sou viciada em fast-fashion?)

 

Essa é uma pergunta certeira, meninas. Não vamos julgá-la por você ter o hábito de comprar coisinhas que você de fato não precisa afinal nesse quesito a maioria de nós é um pouco culpada. Mas é preciso mentalizar se, ao gastar uma boa quantia em uma peça cara, você ainda vai querer comprar outros artigos parecidos toda vez que for ao shopping.

Por exemplo: se você comprar uma bolsa Chanel que custa uns bons milhares de Reais, você consegue se imaginar não comprando mais nenhuma outra bolsa – não importa quão barata ou trend for – pelo próximo um ano ou dois? Quando alguém compra um novo carro ou uma nova casa, essa pessoa não compra outras casas menores ou carro mais simples alguns meses depois. Compra? Seguir essa mesma linha de raciocínio talvez te ajude em relação a itens de moda. Se você sabe que é uma mulher que adora ter uma variedade legal de bolsas, por exemplo, talvez comprar uma caríssima não seja uma boa ideia.

Pergunta 3: se eu comprar esse item terei problemas financeiros?

 

Outro ponto super importante para avaliar é o quanto a aquisição de uma peça cara irá balançar seu orçamento. Em outras palavras, investir num vestido caríssimo da Patricia Bonaldi vai prejudicar o pagamento da sua conta de celular ou do cartão de crédito no final do mês? Caso sim é uma boa ideia postergar a compra e começar a guardar dinheiro todos os meses até que você tenha um montante suficiente para ter seu vestido dos sonhos sem culpa (tem coisa mais gostosa?).

 

post3

Imagem: reprodução | Mediattack

Pergunta 4: se esse item estivesse sem etiqueta eu ainda iria quer tê-lo?

 

Como amantes de moda, é natural que nosso inconsciente mais chique e fashionista emirja quando vemos uma peça de um estilista ou marca super famosos. Não há nada em vergonhoso nisso, todas passamos pela mesma situação alguma vez na vida. Porém, se você está adquirindo uma peça apenas pela etiqueta que ela carrega e, pior, ela nem faz seu estilo, bem, amiga, acho que há grandes chances de você se arrepender no futuro.

 

Pergunta 5: se o Instagram não existisse, você ainda iria querer essa roupa/calçado?

 

Nós não gostamos de admitir que poderíamos comprar algo caro simplesmente para que outras pessoas saibam que possuímos isso, mas, infelizmente, esse é o mundo em que a gente vive. Então sejamos sinceras: você está comprando aquela bolsa Hermès porque você realmente deseja muito tê-la ou por que, no fundo, quer que outras pessoas saibam que você tem um exemplar?

Mentalize: se você comprar a bolsa, será capaz de usar e abusar dela sem postar nada nas redes sociais? Se a resposta for não, você tem muito que pensar antes de partir pra compra.

 

post4

Imagem: reprodução | Mix949

Pergunta 6: estou comprando esse item por impulso?

 

O mundo de hoje é recheado de promoções online, promoções-relâmpago e afins. Enquanto isso pode ser fantástico se você está procurando por um item que de fato necessita, ao mesmo tempo pode ser super perigoso para a compradora casual que, quando acordou nessa manhã, não tinha ideia de que ela estava precisando/querendo aquele casaco da Lacoste…até ela receber uma newsletter no email avisando sobre uma super promoção com descontos de até 30%.

Se você estiver a tempos procurando por aquele jeans da Diesel que você ama e fica super bem em você e de repente encontra uma ótima promoção, vá fundo. Entretanto, se você está prestes a gastar R$700 em um par de sapatos que você nunca viu antes, mas está em promoção, bem, talvez você deva permanecer longe do computador por algumas horinhas até que seu nível de bom senso se restabeleça. Afinal de contas, a maioria das compras compulsivas acaba por causar sérios casos do que chamamos de “dissonância cognitiva da compra” (em outras palavras, um gigante remorso).

2 Comments

  1. Noemia disse:

    Achei interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Newsletter
  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.
×